Terça, 19 de Setembro de 2017

Reunião do Conselho de Usuários de Telecomunicações Reprodução/Internet

Reunião do Conselho de Usuários de Telecomunicações

Avalie este item
(0 votos)

Os membros do Conselho de Usuários Claro S.A. e Embratel TVSAT Telecomunicações S.A. iniciaram, em maio as atividades em prol da melhoria dos serviços inerentes ao setor nas cinco regiões brasileiras. Ricardo Caldas, presidente do Sinfor/DF, eleito para o grupo no fim de 2016, participou da reunião que teve como objetivo levantar as principais dificuldades de acesso pelos consumidores. 

“Esse grupo tem como missão atuar junto às operadoras para solucionar demandas dos usuários. É um setor líder de reclamações e nós faremos a interface com uma participação bem minuciosa”, explica Caldas. “A reunião foi muito positiva. Esse trabalho vem para conferir a devida importância da participação popular por meio de conselhos, criados por força de lei. No nosso caso, somos os empresários exercendo o papel de fiscais”. 

No encontro, o estado de Goiás apresentou um panorama das principais reinvindicações dos consumidores. O Distrito Federal será a próxima unidade a levantar as demandas locais, que serão listadas a partir de um contato mais próximo com o Procon. 

Além dos 12 membros permanentes e voluntários, o encontro teve a participação de funcionários da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que esclareceu o trabalho que é realizado no órgão. 

Recentemente, o presidente do Sinfor/DF publicou artigo em que denunciou a dificuldade do usuário em ser atendido em pedidos de cancelamentos e esclarecimentos ligados aos serviços de telefonia. Segundo Ricardo, é notória a qualificação e experiência dos servidores do quadro da Agência. No entanto, a falha na destinação dos recursos prejudica o resultado final da Anatel. 

“A Lei foi providente em criar fundos como o Fistel e o Fust, mas não criou mecanismos de garantir que esse valor fosse investido no próprio setor. A verdade é que a receita entra, mas cai em um limbo, ninguém sabe para onde vai”, afirmou o presidente do Sindicato. 

O Conselho de Usuários Claro S.A. e Embratel TVSAT Telecomunicações S.A. é formado por cinco grupos de 12 voluntários, oriundos de todas as regiões brasileiras. Os membros se reúnem uma vez por trimestre para propor programas e ações de conscientização e orientação aos usuários sobre a utilização dos serviços de Telecomunicações, bem como sobre os seus direitos e deveres.

Ler 96 vezes