Terça, 19 de Setembro de 2017

Palavra do Presidente 45

Escrito por Publicado em Palavra do Presidente Maio 27 2016
O Sindicato das Indústrias da Informação do Distrito Federal (Sinfor) reuniu empresários do ramo de Tecnologia da Informação para atender a um chamado do Governo do Distrito Federal para proposição de modelos funcionais para o Parque Tecnológico Capital Digital. Após 15 anos de espera, entregamos, em janeiro de 2016, nossa Manifestação de Interesse Privado (MIP) pela gestão da área. Cumprimos todas as etapas necessárias para que o projeto seja, finalmente, realizado. Nosso apelo é pela fidelidade à oportunidade que ajudamos…

Os casos de desvio de verbas, pagamentos de propinas e corrupção em todos níveis estão cada vez mais frequentes nas grandes empresas brasileiras. Nomes importantes como o Grupo Andrade Gutierrez, Petrobras, OAS Empreendimentos, a Organização Odebrecht e tantas outros têm sido apontadas como agentes estratégicos em manobras financeiras de partidos políticos e ações fraudulentas no âmbito da política nacional. Muito além das operações comprovadamente ilegais, as últimas operações da Polícia Federal atentam para o fato de que as empresas envolvidas…

A partir desta data simbólica, tomo hoje, conjuntamente com meus colegas de gestão - representados na diretoria hoje empossada, por 56 pessoas, presidentes, vice-presidente e diretores das empresas associadas-, a responsabilidade de liderar ações que tenham como objetivo cumprir as metas deste Sindicato. O Sinfor tem a missão de representar as empresas e fortalecer o setor de TIC. Entre os desafios primordiais estão: defender os interesses dos associados, animar a criação de novas empresas, proporcionar o crescimento da indústria de…

A relação entre empresas e universidades no Brasil gerou polêmica entre debatedores do seminário no Senado. O assessor da Finep André Araújo levantou dúvidas com relação ao modelo em que a universidade serve como base para novos negócios, como acontece em diversas instituições, como o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe), por meio de parques tecnológicos ou incubadoras de empresas. A afirmação levou à reação do professor Segen Estefen, da Coppe.

Nos últimos 10 anos, o mundo passou por mudanças radicais. Os avanços da tecnologia e da ciência, o aumento da expectativa de vida da população e as demandas da sociedade por energias renováveis causaram impactos importantes na economia e nos negócios. Essas tendências vão determinar o ritmo do mercado de trabalho. A maioria das profissões terá que se adaptar às novas exigências, e várias poderão desaparecer. Esse ajuste será mais rápido do que se imaginava no passado. Até 2020, ou…

Ao se comparar a proporção, em relação ao PIB, do investimento em pesquisa e desenvolvimento no Brasil com os números de nações da OCDE e de outros países da América Latina e do Brics, percebe-se que o país só está acima de México, Argentina, Chile, África do Sul e Rússia, ficando muito distante de China e Coreia do Sul, por exemplo, nações que iniciaram muito recentemente o salto de desenvolvimento industrial. A China tornou-se, em 2011, o segundo maior investidor…

Página 4 de 4